<HTML><HEAD><TITLE>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</TITLE><link rel=STYLESHEET type=text/css href=css.css></HEAD><BODY aLink=#ff0000 bgColor=#FFFFFF leftMargin=0 link=#000000 text=#000000 topMargin=0 vLink=#000000 marginheight=0 marginwidth=0><table align=center width=700 cellpadding=0 cellspacing=0><tr><td align=left bgcolor=#cccccc valign=top width=550><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=3><font size=1>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</font></font></strong><font face=Verdana size=1><b><br></b></font><font face=Verdana, Arial,Helvetica, sans-serif size=1><strong> </strong></font></font></td><td align=right bgcolor=#cccccc valign=top width=150><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=1><font size=1>Resumo:1162-1</font></em></font></strong></font></td></tr><tr><td colspan=2><br><br><table align=center width=700><tr><td><b>Poster (Painel)</b><br><table width="100%"><tr><td width="60">1162-1</td><td><b>TRADUO E ADAPTAO TRANSCULTURAL DO QUESTIONRIO HAKEMP 90  ESCALA DO CONTROLE DA AO - PARA APLICAO EM ESTUDANTES DE ENFERMAGEM</b></td></tr><tr><td valign=top>Autores:</td><td><u>Elen Martins da Silva Castelo Branco </u> (EEAN UFRJ - ESCOLA DE ENFERMAGEM ANNA NERY UFRJ) ; Mauricio de Abreu Pinto Peixoto (EEAN UFRJ - ESCOLA DE ENFERMAGEM ANNA NERY UFRJ) ; Neide Aparecida Titonelli Alvim (EEAN UFRJ - ESCOLA DE ENFERMAGEM ANNA NERY UFRJ) </td></tr></table><p align=justify><b><font size=2>Resumo</font></b><p align=justify class=tres><font size=2>O estudo parte de uma tese de doutorado que apresenta como objetivo verificar se a Teoria do Controle da Ao - TCA- permite identificar precocemente estudantes de enfermagem com risco para desempenho insatisfatrio na implementao dos cuidados fundamentais de enfermagem. A TCA possibilita a compreenso da escolha de estrategias auto reguladoras para a manuteno do curso das aes do estudante, favorecendo as relaes entre o desejo, a inteno e as aes.Tal componente est presente nas situaes de enfermagem e base para a atuao do enfermeiro, inclusive para decidir o planejamento do cuidado de enfermagem. Os pressupostos da TCA possibilitam classificar os estudantes em orientados para ao ou para o estado, segundo caractersticas motivacionais, volitivas e intencionais peculiares. As caractersticas da orientao para a ao e estado podem ser identificadas a partir da utilizao de um instrumento auto  preenchvel elaborado por Kuhl (1992) denominado HAKEMP 90 ou Escala do Controle da Ao, dispe das verses em ingls, espanhol e alemo. Para o estudo optou-se pela verso em espanhol e o processo de avaliao de equivalncia semntica para o portugus utilizou a traduo, a retraduo e a adaptao transcultural. A equivalncia entre os instrumentos foi obtida atravs de cinco etapas. Foram feitas as devidas correes para a compatibilidade semntica em seis itens componentes de H1 e H2a fim de que adquirissem clareza, objetividade e adequao. Por fim, os trinta e seis itens em portugus foram organizados e aplicados em cinco estudantes do curso de graduao em enfermagem. O objetivo da etapa foi verificar a compreenso dos estudantes acerca do instrumento e assim considerar que a verso da escala na lngua portuguesa estava pronta para uso. A verso final em portugus foi definida aps seleo e ajuste dos trinta e seis itens do questionrio. A utilizao da TCA traz conseqncias para a implementao dos cuidados de enfermagem, na medida em que se investiga as bases da ao para a manuteno de uma atitude favorvel a aquisio do conhecimento orientado para um fim especifico. Nessa perspectiva, a TCA torna-se um recurso valioso para docentes e estudantes na implementao dos cuidados de enfermagem quando assume os contornos de um instrumento diagnstico e torna vivel a descoberta precoce do risco para o desempenho insatisfatrio em situaes especficas como o planejamento, a implementao e a avaliao do cuidado de enfermagem. </font></p><br><b>Palavras-chave: </b>&nbsp;ENFERMAGEM, APRENDIZAGEM, MOTIVAO</td></tr></table></tr></td></table></body></html>