<HTML><HEAD><TITLE>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</TITLE><link rel=STYLESHEET type=text/css href=css.css></HEAD><BODY aLink=#ff0000 bgColor=#FFFFFF leftMargin=0 link=#000000 text=#000000 topMargin=0 vLink=#000000 marginheight=0 marginwidth=0><table align=center width=700 cellpadding=0 cellspacing=0><tr><td align=left bgcolor=#cccccc valign=top width=550><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=3><font size=1>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</font></font></strong><font face=Verdana size=1><b><br></b></font><font face=Verdana, Arial,Helvetica, sans-serif size=1><strong> </strong></font></font></td><td align=right bgcolor=#cccccc valign=top width=150><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=1><font size=1>Resumo:1021-1</font></em></font></strong></font></td></tr><tr><td colspan=2><br><br><table align=center width=700><tr><td><b></b><br><table width="100%"><tr><td width="60">1021-1</td><td><b>AVALIAO DAS SESSES INTERATIVAS DE EDUCAO PERMANENTE EM SADE (SIEPS) DA FACULDADE DE MEDICINA DE PETRPOLIS/FACULDADE ARTHUR S EARP NETO ( FMP/FASE) SOB O OLHAR DOS PROFISSIONAIS DE SADE E COORDENADORES: REFLETINDO SOBRE A PRTICA</b></td></tr><tr><td valign=top>Autores:</td><td><u>Roberto Biasi Filho </u> (FMP / FASE - Faculdade de Medicina de Petrpolis / Faculdade Arthur S EaDAB /SMS PETRPOLIS - Dep. Ateno Bsica - SMS de Petrpolis) ; Maria Cristina Diniz Gonalves Ezequiel (FMP / FASE - Faculdade de Medicina de Petrpolis / Faculdade Arthur S Ea) ; Miriam de Melo Melquades (FMP / FASE - Faculdade de Medicina de Petrpolis / Faculdade Arthur S Ea) ; Renan Caruso (FMP / FASE - Faculdade de Medicina de Petrpolis / Faculdade Arthur S Ea) ; Andressa Martins de Oliveira (FMP / FASE - Faculdade de Medicina de Petrpolis / Faculdade Arthur S Ea) ; Carlos Murilo Veiga Schanuel (FMP / FASE - Faculdade de Medicina de Petrpolis / Faculdade Arthur S Ea) ; Fausto Rezende Fernandes (FMP / FASE - Faculdade de Medicina de Petrpolis / Faculdade Arthur S Ea) </td></tr></table><p align=justify><b><font size=2>Resumo</font></b><p align=justify class=tres><font size=2>Introduo: As SIEPS ocorrem semanalmente em sistema de rodzio entre as cinco Unidades de Sade da Famlia (USF) que esto sob a gesto da FMP/FASE, com a participao dos profissionais destas unidades e estudantes da graduao de medicina, enfermagem, nutrio e da ps-graduao de medicina de famlia e comunidade desta instituio. Desde sua implantao e implementao a partir de maro de 2006 , tem como cenrio o territrio destas USF e objeto o estudo de casos, extrados do cotidiano das equipes pela metodologia da problematizao e lgica da interdisciplinaridade. Objetivos: Geral: avaliar as SIEPS, como ferramenta de EPS, sob o olhar dos profissionais das USF e coordenadores da FMP/FASE. Especifico: levantar a participao do nmero de profissionais e estudantes, temas abordados e identificar o grau de satisfao e percepo dos coordenadores da FMP/FASE e dos profissionais de sade das cinco USF-FMP/FASE em busca de dados que ratifiquem e/ou incrementem as atividades das SIEPS. Mtodos: O instrumento de coleta de dados para os profissionais foi um questionrio semi-estruturado, para os coordenadores uma entrevista gravada e transcrita para anlise do contedo e pesquisa documental dos livros de registros. Resultados: De maro de 2006 a novembro de 2009, as SIEPS passaram por trs perodos de mudanas estruturais, sendo realizadas noventa e oito sesses com discusso de sessenta e oito temas clnicos. Na avaliao do grau de satisfao, os profissionais e coordenadores so unnimes em reconhecer as SIEPS como uma estratgia de ensino-aprendizagem e a reconhecem como uma ferramenta de EPS. H um  desejo de mudanas que divergem entre os profissionais, para estimular a participao dos profissionais que sentem-se desmotivados. Concluso: Pelo olhar dos sujeitos da pesquisa, as SIEPS so uma ferramenta de EPS, caracterizando-se por um espao de construo do conhecimento atravs das trocas e atualizao profissional, com nfase no trabalho em equipe na lgica da interdisciplinaridade. Sugerimos que o  desejo de mudanas elencados pelos profissionais, seja aprofundado por um frum com as equipes envolvidas ou por um trabalho de pesquisa complementar. </font></p><br><b>Palavras-chave: </b>&nbsp;Educao Permanente em Sade, Estratgia Sade da Famlia, Interdisciplinaridade</td></tr></table></tr></td></table></body></html>