<HTML><HEAD><TITLE>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</TITLE><link rel=STYLESHEET type=text/css href=css.css></HEAD><BODY aLink=#ff0000 bgColor=#FFFFFF leftMargin=0 link=#000000 text=#000000 topMargin=0 vLink=#000000 marginheight=0 marginwidth=0><table align=center width=700 cellpadding=0 cellspacing=0><tr><td align=left bgcolor=#cccccc valign=top width=550><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=3><font size=1>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</font></font></strong><font face=Verdana size=1><b><br></b></font><font face=Verdana, Arial,Helvetica, sans-serif size=1><strong> </strong></font></font></td><td align=right bgcolor=#cccccc valign=top width=150><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=1><font size=1>Resumo:867-2</font></em></font></strong></font></td></tr><tr><td colspan=2><br><br><table align=center width=700><tr><td><b></b><br><table width="100%"><tr><td width="60">867-2</td><td><b>Gesto Compartilhada em Sade - A Experincia de uma Unidade de Ateno Primria em Sade </b></td></tr><tr><td valign=top>Autores:</td><td><u>Aline Arrussul Torres </u> (GHC - SSC - Grupo Hospitalar Conceio - Servio de Sade Comunitria) ; Paula Xavier Machado (GHC - SSC - Grupo Hospitalar Conceio - Servio de Sade Comunitria) </td></tr></table><p align=justify><b><font size=2>Resumo</font></b><p align=justify class=tres><font size=2>O trabalho em sade coletiva, no contexto do SUS, no Brasil, possui pecualiaridades, tais como o trabalho em equipe, o acesso universal sade, a integralidade, a descentralizao, entre outros. Seu objeto de trabalho  as pessoas  possui o mesmo status ontolgico de quem exerce o trabalho e, portanto, no passivo. Assim, formas tradicionais de gesto no poderiam ser aplicadas aos servios de sade. A Gesto Compartilhada, tambm chamada de Colegiada, Participativa ou Co-Gesto, uma proposta de gerenciamento desenvolvida para organizaes de sade, embora seja aplicada a outros servios. Almeja-se um mtodo mais adequado s necessidades do trabalho, contemplando os objetivos primrios destas organizaes - a prpria produo de sade  e os secundrios, ligados sobrevivncia e satisfao profissional. O envolvimento de diferentes atores representa uma possibilidade de adoo da Gesto Colegiada como mtodo de gerenciamento. A participao dos representantes da populao qualifica e humaniza o trabalho. Este estudo debate Gesto Compartilhada, atravs da experincia da Unidade Jardim Itu do Servio de Sade Comunitria do Grupo Hospitalar Conceio. Objetivando uma maior co-responsabilizao de toda a equipe e menos sobrecarga para o coordenador local, esta equipe, h 3 anos, optou por formar um Colegiado de Gesto, constitudo pelo coordenador da equipe e pelos coordenadores dos grupos de trabalho temticos, que so Acesso e Humanizao, Administrativo, Ensino e Pesquisa, Participao Popular e Vigilncia em Sade. Os temas foram propostos pelas necessidades do servio e cada trabalhador participa de um deles pela afinidade. Uma vez por ano, avaliamos o cumprimento dos objetivos propostos e sugerimos, para o ano seguinte, um planejamento, para que todos acompanhem o trabalho das partes. Entretanto, gerenciar democraticamente pode acarretar em  rudos ou  estranhamentos na rotina da equipe. Os fluxos de comunicao nos diferentes espaos so encarados como desafios. Esta gesto deve estar em consonncia com o planejamento do servio. Tambm, fundamental avaliar o processo e os resultados advindos da implementao da Gesto Compartilhada. realizada uma avaliao individual e discusso com todos para planejar o seguimento da Gesto pelo prximo ano. Espera-se que, com o tempo e a vivncia, os trabalhadores sejam protagonistas de seu trabalho, co-responsabilizando-se pelos objetivos, sendo autnomos e fortemente identificados com o trabalho.</font></p><br><b>Palavras-chave: </b>&nbsp;Gesto Compartilhada, Gesto Colegiada, Gesto Participativa</td></tr></table></tr></td></table></body></html>