<HTML><HEAD><TITLE>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</TITLE><link rel=STYLESHEET type=text/css href=css.css></HEAD><BODY aLink=#ff0000 bgColor=#FFFFFF leftMargin=0 link=#000000 text=#000000 topMargin=0 vLink=#000000 marginheight=0 marginwidth=0><table align=center width=700 cellpadding=0 cellspacing=0><tr><td align=left bgcolor=#cccccc valign=top width=550><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=3><font size=1>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</font></font></strong><font face=Verdana size=1><b><br></b></font><font face=Verdana, Arial,Helvetica, sans-serif size=1><strong> </strong></font></font></td><td align=right bgcolor=#cccccc valign=top width=150><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=1><font size=1>Resumo:859-2</font></em></font></strong></font></td></tr><tr><td colspan=2><br><br><table align=center width=700><tr><td><b>Poster (Painel)</b><br><table width="100%"><tr><td width="60">859-2</td><td><b>Conselhos Locais de Sade de Sobral-Ce: Atos e Pautas.</b></td></tr><tr><td valign=top>Autores:</td><td><u>Herminia Maria Sousa da Ponte </u> (SSAS - Secretaria da sade e Ao Social de Sobral) ; Israel Rocha Brando (SSAS - Secretaria da sade e Ao Social de SobralUVA - Universidade Estadual Vale do Acara-UVA) ; Carlos Hilton Albuquerque Soares (SSAS - Secretaria da sade e Ao Social de SobralUVA - Universidade Estadual Vale do Acara-UVASSAS - Secretaria da sade e Ao Social de Sobral) </td></tr></table><p align=justify><b><font size=2>Resumo</font></b><p align=justify class=tres><font size=2>Os conselhos Locais de Desenvolvimento Social e Sade de Sobral - CLDSS tm uma importncia no processo de reestruturao da ateno sade. Esta no apenas uma questo tcnica, envolve expectativas, demandas e comportamentos de todos os atores envolvidos na prestao da ateno, desde gestores at usurios. Nesta perspectiva, espera-se que os CLDSS no funcionem apenas como instncias de fiscalizao, mas como espao de pensar a sade de forma ampliada e todos os atores sociais seja protagonista de uma prtica democrtica. O ensaio tem como objetivo descrever as pautas e os resultados dos CLDSS em Sobral-Ce. Caracterizou-se como pesquisa exploratria-descritiva, com abordagem qualitativa, no qual foram entrevistados 24 sujeitos (doze usurios, seis profissional e seis representante da gesto e/ou prestadores de servios) distribudos nas seis macrorregies de sade. A pesquisa foi norteada pela Resoluo N 196/96 do Conselho Nacional de Sade. Nos resultados e Os temas relacionados ao setor sade foram de estrutura fsica-administrativa e profissional. Inferimos uma diferena entre as necessidades de sade da populao do distrito e da sede. Essa prioriza temas relacionados parte fsica, administrativa e profissional, como carncia do profissional mdico, e as dificuldades de transportes (ambulncia). J na sede os CLDSS priorizam temas voltados promoo da sade e qualidade de vida como: campanhas de dengue, fruns da paz, sade do adolescente, qualidade da gua, no qual relatam boa parceria e acessibilidade ao gestor da sade. Na zona rural, houve temas relacionados meio ambiente, como falta de conscincia sanitria da populao, dficit na coleta de lixo, e hbitos culturais de criao de animais soltos nas ruas. As problemticas sociais apresentam uma maior complexidade na sua resolubilidade, por envolver mudana cultural. Algumas situaes como urbanizao e saneamento apresenta resultados em longo prazo, nunca so reconhecido como conquista popular, e sim ddiva poltica. Conclumos que os CLDSS tm muitas aes concretizadas, entretanto observamos aonde houve dificuldades de concretizaes, por encontra-se desarticulado, e as pessoas desmotivadas. Numa histria de um pas onde a cultura do autoritarismo e das prticas antidemocrticas so to forte, qualquer meno de superao desse modelo pode ser sucumbida se no for cuidado e valorizado.</font></p><br><b>Palavras-chave: </b>&nbsp;Conselhos Locais de Sade, Pautas, SUS</td></tr></table></tr></td></table></body></html>