<HTML><HEAD><TITLE>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</TITLE><link rel=STYLESHEET type=text/css href=css.css></HEAD><BODY aLink=#ff0000 bgColor=#FFFFFF leftMargin=0 link=#000000 text=#000000 topMargin=0 vLink=#000000 marginheight=0 marginwidth=0><table align=center width=700 cellpadding=0 cellspacing=0><tr><td align=left bgcolor=#cccccc valign=top width=550><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=3><font size=1>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</font></font></strong><font face=Verdana size=1><b><br></b></font><font face=Verdana, Arial,Helvetica, sans-serif size=1><strong> </strong></font></font></td><td align=right bgcolor=#cccccc valign=top width=150><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=1><font size=1>Resumo:711-1</font></em></font></strong></font></td></tr><tr><td colspan=2><br><br><table align=center width=700><tr><td><b>Poster (Painel)</b><br><table width="100%"><tr><td width="60">711-1</td><td><b>Participao no Contexto de Interiorizao Popular</b></td></tr><tr><td valign=top>Autores:</td><td><u>Joo Alessandro Monte </u> (GRUPO FNIX - Grupo Fnix - Movimento em Defesa da Cidadania LGBT) </td></tr></table><p align=justify><b><font size=2>Resumo</font></b><p align=justify class=tres><font size=2>A interiorizao da participao e o empoderamento dos sujeitos sociais contribuem para a garantia do envolvimento da comunidade no processo de preveno e promoo da sade, a partir do conehcimento, da troca de experincias e principalmente pela inovao das aes que interiorizam e socializam este conhecimento. A criao da ABOA - Articulao Baiana de Ongs Aids, este exemplo se deu com o envolvimento de organizaes do interior, no qual o Grupo Fnix uma ONG/AIDS vem fortalecendo esta iniciativa, que vai alm da formao de lideranas, empoderamento dos cidados e da provocao da participao dos mesmos nas instncias de controle social que efetivamente deliberam sobre as polticas pblicas de sade; outro aspecto tem sido a divulgao e debate sobre a amplitude do que seja sade, a fim de demistificar este conceito de Mdico-remdio-Hospital como sendo o fator prinicipal a ausncia de doena. Temos percebido que a partir dos debates, rodas de conversas e a troca de conhecimento tem aflorado nas cabeas da populao a amplitude do que seja sade que est ligado a outros bens e servios essenciais que dar ao cidado seu estado de sade e qualidade de vida. O empoderamento a partir da interiorizao das aes, da socializao tem ampliado a participao no tocante a defesa do SUS, melhoramento das aes de sade e garantido a participao mais efetiva e construtiva por parte da comunidade, alm claro de democratizar mais e mais o acesso aos servios de sade; outro ponto que tem sido levado em considerao a importncia do envolvimento da comunidade para a transformao social ao-atitude. Ao acompanharmos este processo temos percebido uma certa resistncia por parte dos gestores na transparncia dos recursos pblicos e isso tem instigado ainda mais o envolvimento de outros setores do governo e da sociedade. Concluimos que preciso cada vez mais fortalecer esses elos entre a soceidade e as polticas pblicas de sade e cada dia ampliar esta rede de participao social, que deve ir alm da juventude e chegarmos a todos os atores sociais e manter uma harmonia com a comunidade. </font></p><br><b>Palavras-chave: </b>&nbsp;Articulao, Empoderamento, Participao</td></tr></table></tr></td></table></body></html>