<HTML><HEAD><TITLE>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</TITLE><link rel=STYLESHEET type=text/css href=css.css></HEAD><BODY aLink=#ff0000 bgColor=#FFFFFF leftMargin=0 link=#000000 text=#000000 topMargin=0 vLink=#000000 marginheight=0 marginwidth=0><table align=center width=700 cellpadding=0 cellspacing=0><tr><td align=left bgcolor=#cccccc valign=top width=550><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=3><font size=1>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</font></font></strong><font face=Verdana size=1><b><br></b></font><font face=Verdana, Arial,Helvetica, sans-serif size=1><strong> </strong></font></font></td><td align=right bgcolor=#cccccc valign=top width=150><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=1><font size=1>Resumo:477-2</font></em></font></strong></font></td></tr><tr><td colspan=2><br><br><table align=center width=700><tr><td><b></b><br><table width="100%"><tr><td width="60">477-2</td><td><b>Um Novo Olhar para o Lixo</b></td></tr><tr><td valign=top>Autores:</td><td>Anelize Cini (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) ; Gabriela Vasconcelos (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) ; <u>Lusa Martinato </u> (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) ; Lisiane Fernandes da Rosa (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) ; Fabiana Almeida Danguy (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) ; Suiane Weimer Cendron (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) ; Mariana Michalski Peres (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) ; Cludia Silveira Lima (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) ; Cludia Tarrag Candotti (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) </td></tr></table><p align=justify><b><font size=2>Resumo</font></b><p align=justify class=tres><font size=2>CARACTERIZAO DO PROBLEMA O curso de Fisioterapia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul oferece a disciplina de Sade e Cidadania do 1 ao 7 semestre. Do 1 ao 3 semestre o foco da disciplina na promoo, preveno e educao em sade. A turma dividida em trs grupos e cada um desses observa certa comunidade vinculada a um Programa Sade da Famlia do Distrito Docente Assistencial Glria/Cruzeiro/Cristal de Porto Alegre. No 2 e 3 semestre intervenes so propostas com o assunto escolhido de acordo com a realidade local. Aps levantamento de potencialidades e de fragilidades do territrio, este grupo optou por trabalhar a temtica dos resduos devido ao grande acmulo nesse ambiente, dando origem ao Projeto Um Novo Olhar para o Lixo. DESCRIO DA EXPERINCIA Com o propsito de conscientizar a populao acerca dos males ocasionados pelo acmulo de lixo, pela falta de reciclagem e do aproveitamento deste material, trabalhamos em 2009/2 na primeira fase do projeto com nfase no pblico infantil de trs escolas da comunidade. Acreditando que as crianas so potencialmente disseminadoras de conhecimento, optamos por desenvolver trabalhos dinmicos. Em 2010/1, dando continuidade ao projeto com as crianas do SASE o trabalho ocorre no ambiente externo e o foco uma mudana no visual do ambiente. EFEITOS ALCANADOS Para mensurar o impacto das nossas atividades aplicamos um questionrio na comunidade em geral e em alunos das mesmas escolas no contemplados com a interveno. As questes so sobre a existncia e a aceitao do Projeto, assim como aplicao das informaes prestadas ao longo desse. Interpretamos como satisfatrios os resultados, pois apesar de no haver grande integrao comunidade-escola houve repercusso positiva em suas famlias e demais contatos. Alm disso, ocorreram mudanas na dinmica interna das escolas, a exemplo, da disponibilizao de algumas lixeiras para coleta seletiva. RECOMENDAES Na comunidade h a inteno de desenvolver projetos relacionados ao meio-ambiente atravs dos equipamentos sociais, contudo faltam recursos humanos para a execuo dessas idias. Alm disso, foi observado que outras entidades deram incio a trabalhos sociais sem continuidade, o que ocasionou na comunidade a perda de credibilidade em relao a esse tipo de parceria. Assim, faz-se necessrio a implantao de projetos no-pontuais que estabeleam fortes vnculos com a populao local, trazendo resultados mais eficazes. </font></p><br><b>Palavras-chave: </b>&nbsp;PSF, comunidade, lixo</td></tr></table></tr></td></table></body></html>