<HTML><HEAD><TITLE>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</TITLE><link rel=STYLESHEET type=text/css href=css.css></HEAD><BODY aLink=#ff0000 bgColor=#FFFFFF leftMargin=0 link=#000000 text=#000000 topMargin=0 vLink=#000000 marginheight=0 marginwidth=0><table align=center width=700 cellpadding=0 cellspacing=0><tr><td align=left bgcolor=#cccccc valign=top width=550><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=3><font size=1>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</font></font></strong><font face=Verdana size=1><b><br></b></font><font face=Verdana, Arial,Helvetica, sans-serif size=1><strong> </strong></font></font></td><td align=right bgcolor=#cccccc valign=top width=150><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=1><font size=1>Resumo:429-2</font></em></font></strong></font></td></tr><tr><td colspan=2><br><br><table align=center width=700><tr><td><b>Poster (Painel)</b><br><table width="100%"><tr><td width="60">429-2</td><td><b> A INFLUNCIA DA FORMAO ACADMICA NO TRABALHO DO FUTURO PROFISSIONAL FISIOTERAPEUTA DA ATENO BSICA </b></td></tr><tr><td valign=top>Autores:</td><td><u>Robson da Fonseca Neves </u> (UFPB - UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARABA) ; Juliana Gonalves (UFPB - UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARABA) </td></tr></table><p align=justify><b><font size=2>Resumo</font></b><p align=justify class=tres><font size=2>INTRODUO: Este estudo se insere numa proposta de discutir a formao do profissional fisioterapeuta para atuao na Ateno Bsica. OBJETIVO: compreender o processo de formao acadmica em Fisioterapia da Universidade Federal da Paraba a partir do papel do ensino e extenso como agentes formadores. Foi realizada uma pesquisa qualitativa, realizando-se entrevistas semi-estruturadas com oito estudantes, sendo quatro extensionistas do projeto de extenso popular Fisioterapia na Comunidade e quatro estudantes com experincias nas disciplinas do currculo que atuam na Ateno Bsica. A anlise se deu atravs do mtodo da anlise do discurso. RESULTADOS: foram evidenciadas as categorias operacionalizao do currculo e o processo de trabalho na formao em Fisioterapia, esta ltima realada pelas subcategorias: assistncia fisioteraputica e tecnologias leves. Diante dos relatos percebeu-se que, ensino e extenso aproximam-se quanto compreenso no que tange s prticas do profissional fisioterapeuta na Ateno Bsica. Constatou-se que estudantes que tm em sua carga de experincia apenas o ensino possuem maiores dificuldades para definir o seu papel na ateno primria. Estudantes com experincia na extenso e no PET  Sade possuem viso mais crticas quanto ao currculo para Ateno Bsica e trazem para a discusso pontos de extrema relevncia como as tecnologias leves no cuidado. Apesar do projeto de extenso ser pautado no conceito de Educao Popular, os relatos dos extensionistas mostrou pouca apropriao nesta temtica, o que sobressai quando comparado ao ensino apenas a valorizao do outro, do dilogo e o apreo pela formao de vnculos com usurios e equipe de sade.CONCLUSO: V-se, ento, a necessidade de aproximar a formao da realidade da prestao de cuidado em sade estabelecido em diretrizes e planos de ensino que orientam a formao em Fisioterapia. Aponta-se, tambm, a necessidade de um olhar mais cuidadoso no que tange ao acompanhamento e embasamento terico dos projetos de extenso que firmam suas atividades na Ateno Bsica. </font></p><br><b>Palavras-chave: </b>&nbsp;Ateno Bsica, Fisioterapia, Formao</td></tr></table></tr></td></table></body></html>