<HTML><HEAD><TITLE>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</TITLE><link rel=STYLESHEET type=text/css href=css.css></HEAD><BODY aLink=#ff0000 bgColor=#FFFFFF leftMargin=0 link=#000000 text=#000000 topMargin=0 vLink=#000000 marginheight=0 marginwidth=0><table align=center width=700 cellpadding=0 cellspacing=0><tr><td align=left bgcolor=#cccccc valign=top width=550><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=3><font size=1>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</font></font></strong><font face=Verdana size=1><b><br></b></font><font face=Verdana, Arial,Helvetica, sans-serif size=1><strong> </strong></font></font></td><td align=right bgcolor=#cccccc valign=top width=150><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=1><font size=1>Resumo:301-2</font></em></font></strong></font></td></tr><tr><td colspan=2><br><br><table align=center width=700><tr><td><b></b><br><table width="100%"><tr><td width="60">301-2</td><td><b>A PESQUISA -AO COMO POSSIBILIDADE DE ESTABELECIMENTO DE DIRETRIZES PARA A PRTICA CLNICA DO TCNICO DE SADE BUCAL </b></td></tr><tr><td valign=top>Autores:</td><td><u>Onofre Ricardo de Almeida Marques </u> (ESP/MG - Escola de Sade Pblica do Estado de Minas Gerais) ; Eliana Maria de Oliveira S (SMS/BH - Secretaria Municipal de Sade de Belo Horizonte) ; Marilene Barros de Melo (ESP/MG - Escola de Sade Pblica do Estado de Minas Gerais) ; Carlos Alberto Tenrio Cavalcante (SMS/BH - Secretaria Municipal de Sade de Belo Horizonte) </td></tr></table><p align=justify><b><font size=2>Resumo</font></b><p align=justify class=tres><font size=2>O processo de construo do Sistema nico de Sade - SUS tem procurado garantir as aes da sade como um direito de todos os cidados. A larga extenso territorial e populacional tem induzido cada vez mais a presena de equipes auxiliares em sade. Na odontologia, tcnicos em sade bucal  TSB do suporte clnico ao cirugio-dentista - CD, que alm de favorecer a qualificao da ateno, viabiliza a ampliao do acesso. Sua ao profissional foi regulamentada em 2008 atravs da Lei 11889. Anterior a essa lei, vivenciava-se uma diversidade de prticas. Buscando traar essas diretrizes optou-se por realizar uma pesquisa-ao em 12 unidades bsicas de sade em uma capital da regio sudeste, com 350 usurios. Este estudo, de perspectiva quali-quantitativa, analisou documentos que norteavam a formao do TSB, relatrios, entrevistas, grupos focais, observao participante e um formulrio  Registro e Monitoramento dos Procedimentos Realizados , construdo coletivamente pelos pesquisadores e os integrantes da ESB. A anlise dos dados se constituiu pela tcnica de Anlise de Contedo e pelo EPIINFO, verso 2002. As categorias apreendidas foram: 1- a modalidade de pesquisa-ao e 2- avanos e desafios. A importncia dessa modalidade de pesquisa foi ressaltada pela sua proximidade com a realidade cotidiana do processo de trabalho em sade bucal, tornando esse espao laboral um local de aprendizagem e pesquisa. Alm de, viabilizar a transformao do contexto estudado, baseada na fundamentao adotada para a prtica do TSB e na padronizao de algumas aes. Os desafios presentes no exerccio profissional do TSB se centralizaram na falta de autonomia, condies inadequadas de trabalho, sobrecarga de funes, equipe fragilizada, modelo de formao e prtica clnica fragmentados. Os avanos associados co-responsabilizao das aes por toda a equipe, assegurando uma simetria de poder, sustentada pelas oportunidades de proposio, discusso e acordos consensuais. Os dados quantitativos do formulrio, apesar de demonstrar um alto nvel de concordncia entre CD e o TSB, distanciando dos diagnsticos "tipo cego", comum nos estudos acadmicos, reproduziram os achados das tcnicas qualitativas como os grupos focais. O que pode estar relacionado capacidade da equipe de dialogar. Em sntese, evidenciou-se um empoderamento do TSB, que ao participar ativamente do estabelecimento das suas diretrizes de trabalho, se fortaleceu como autor e condutor de sua ao. </font></p><br><b>Palavras-chave: </b>&nbsp;Equipe Auxiliar em Sade, Pesquisa-Ao, Tcnico de Sade Bucal</td></tr></table></tr></td></table></body></html>