<HTML><HEAD><TITLE>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</TITLE><link rel=STYLESHEET type=text/css href=css.css></HEAD><BODY aLink=#ff0000 bgColor=#FFFFFF leftMargin=0 link=#000000 text=#000000 topMargin=0 vLink=#000000 marginheight=0 marginwidth=0><table align=center width=700 cellpadding=0 cellspacing=0><tr><td align=left bgcolor=#cccccc valign=top width=550><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=3><font size=1>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</font></font></strong><font face=Verdana size=1><b><br></b></font><font face=Verdana, Arial,Helvetica, sans-serif size=1><strong> </strong></font></font></td><td align=right bgcolor=#cccccc valign=top width=150><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=1><font size=1>Resumo:273-1</font></em></font></strong></font></td></tr><tr><td colspan=2><br><br><table align=center width=700><tr><td><b>Poster (Painel)</b><br><table width="100%"><tr><td width="60">273-1</td><td><b>EDUCAO PERMANENTE EM SADE DO TRABALHADOR NO CONTROLE DE DOENAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS CONTAMINADOS NAS FEIRAS DA CIDADE DE PARNABA,PIAU.</b></td></tr><tr><td valign=top>Autores:</td><td>Maria Adelaide Guimares (UFPI - Universidade Federal do PiauUFPI - Universidade Federal do PiauUFPI - Universidade Federal do PiauUFPI - Universidade Federal do Piau) ; Paulinne Junqueira Silva Andresen Strini (UFPI - Universidade Federal do PiauUFPI - Universidade Federal do PiauUFPI - Universidade Federal do PiauUFPI - Universidade Federal do Piau) ; Marcelo Carvalho Filgueiras (UFPI - Universidade Federal do PiauUFPI - Universidade Federal do PiauUFPI - Universidade Federal do PiauUFPI - Universidade Federal do Piau) ; <u>Ana Karine de Figueiredo Moreira </u> (UFPI - Universidade Federal do PiauUFPI - Universidade Federal do PiauUFPI - Universidade Federal do PiauUFPI - Universidade Federal do Piau) </td></tr></table><p align=justify><b><font size=2>Resumo</font></b><p align=justify class=tres><font size=2>As doenas provocadas pelo consumo de alimentos ou Doenas Transmitidas por Alimentos (DTA) ocorrem quando microorganismos prejudiciais sade ou substncias txicas so transmitidas ao homem pela falta de higiene pessoal adequada no manuseio dos produtos alimentares que sero vendidos,sendo um desafio gesto setorial de vigilncia sanitria na promoo sade do trabalhador e da populao consumidora nas feiras e mercados pblicos. O estudo objetivou caracterizar os feirantes, identificar as condies higinico-sanitrias de suas prticas pessoais e de manipulao dos produtos e seus conhecimentos sobre as DTA. Tratou-se de uma pesquisa de campo realizada em uma feira municipal em Parnaba, Piau, no perodo de fevereiro de 2010. Os dados foram coletados por meio de um formulrio com questes abertas e fechadas, contendo variveis sobre dados scio-populacionais, nvel de informao sobre higiene pessoal, conservao dos alimentos e doenas decorrentes das prticas inadequadas. A amostra abrangeu 90 feirantes, selecionados aleatoriamente, dos quais 40%(n=40) eram do sexo feminino e 60% (n=50) do sexo masculino,faixa etria mdia de 46 anos; predominncia de 70% (n=60) com ensino fundamental incompleto e renda mensal de at dois salrios mnimos.Questionados sobre higiene,relataram negligncia na lavagem das mos no manuseio dos produtos, sendo justificado por 50%(n=45) da amostra pela ausncia de infra-estrutura adequada no local e falta de tempo hbil para se deslocar durante a jornada de trabalho. Sobre a contaminao dos alimentos, 43%(n=39) desconheciam a relao entre a permanncia de produtos perecveis em temperatura ambiente com a proliferao de microorganismos patognicos e 52% (n= 47) afirmou no haver relao entre os sintomas de DTA (diarria,vmito, clica, nusea e febre) com o consumo de tais produtos comercializados.Percebe-se a superficialidade do nvel de informao desses trabalhadores sobre medidas preventivas sanitrias, havendo provvel relao entre o comportamento de risco e o saber elementar e fragmentado, sendo necessria uma maior ateno qualificao dos trabalhadores pela educao permanente em vigilncia sanitria, articulando o saber popular da comunidade s estratgias de educao em sade do meio acadmico e da gesto municipal,com aes educativas aos feirantes sobre suas responsabilidades na preservao da sade dos consumidores, visando melhoria dos servios e da qualidade de vida da populao em questo. </font></p><br><b>Palavras-chave: </b>&nbsp;Educao, Doenas transmitidas por alimentos, Sade do trabalhador</td></tr></table></tr></td></table></body></html>