<HTML><HEAD><TITLE>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</TITLE><link rel=STYLESHEET type=text/css href=css.css></HEAD><BODY aLink=#ff0000 bgColor=#FFFFFF leftMargin=0 link=#000000 text=#000000 topMargin=0 vLink=#000000 marginheight=0 marginwidth=0><table align=center width=700 cellpadding=0 cellspacing=0><tr><td align=left bgcolor=#cccccc valign=top width=550><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=3><font size=1>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</font></font></strong><font face=Verdana size=1><b><br></b></font><font face=Verdana, Arial,Helvetica, sans-serif size=1><strong> </strong></font></font></td><td align=right bgcolor=#cccccc valign=top width=150><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=1><font size=1>Resumo:223-1</font></em></font></strong></font></td></tr><tr><td colspan=2><br><br><table align=center width=700><tr><td><b></b><br><table width="100%"><tr><td width="60">223-1</td><td><b>A MULTIPROFISSIONALIDADE NO SISTEMA NACIONAL DE AUDITORIA DO SISTEMA NICO DE SADE: estratgia de fortalecimento da ao.</b></td></tr><tr><td valign=top>Autores:</td><td><u>Marilene Barros de Melo Melo </u> (ESP/MG - Escola de Sade Pblica do Estado de Minas Gerais) </td></tr></table><p align=justify><b><font size=2>Resumo</font></b><p align=justify class=tres><font size=2>O Sistema Nacional de Auditoria (SNA) foi estabelecido pela Lei 8080, como um mecanismo de controle tcnico e financeiro para regular as aes e os servios de sade, em todo o territrio nacional, sob competncia do Sistema nico de Sade (SUS) e em cooperao com os estados, Distrito Federal e municpios. Sua fora de trabalho constituiu-se por servidores efetivos do extinto INAMPS e por profissionais com formao ou interesse pela rea. O presente estudo analisou os avanos e desafios da fora de trabalho do SNA. De natureza qualitativa, realizou-se grupos focais com as equipes de auditoria da esfera federal, estadual e municipal do SNA, lotadas em uma capital da regio sudeste. A partir da tcnica de anlise de contedo, apreendeu-se avanos como a multiprofissionalidade; entre os desafios, a ausncia do cargo e a fragilidade da auditoria como campo de conhecimento e profissionalizao. Sua fora de trabalho apresenta uma equivalncia numrica em relao ao gnero e faixa etria acima dos 40 anos, caracteristicamente multiprofissional, com um predomnio da rea biomdica. A multiprofissionalidade tem a propriedade de sustentar o carter atpico das aes de auditoria do SNA. Estas no se situam de acordo com os modelos tradicionais, pois ultrapassam a simples vinculao financeira e buscam garantir a qualidade da aes e servios prestados pelo SUS. Diante disso, encontra-se ainda em processo de consolidao como campo de conhecimento e de profissionalizao, que vem se constituindo no cotidiano das prticas em auditoria. Assim, a formao, enquanto corpo de conhecimento e corporao profissional tem se dado no exerccio laboral a partir da troca de experincias, saberes e de prticas integradas. Visto que os diversos  olhares privilegiam abordagens mais amplas e coerentes com a realidade do SUS, respaldando legitimando e conferindo credibilidade ao da auditoria em sade. O grande desafio da inexistncia do cargo no mbito da esfera federal e, em alguns estados e municpios, na percepo dos trabalhadores, parece refletir a no aceitao do exerccio do poder desses trabalhadores, que convivem com ausncia de um poder legitimado. No entanto, evidenciou-se que a luta cotidiana de uma equipe, marcada pela multiprofissionalidade, tem consolidado o SNA como especialista em auditoria em sade.</font></p><br><b>Palavras-chave: </b>&nbsp;Multiprofissionalidade, Sistema nico de Sade, Sistema Nacional de Auditoria</td></tr></table></tr></td></table></body></html>