<HTML><HEAD><TITLE>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</TITLE><link rel=STYLESHEET type=text/css href=css.css></HEAD><BODY aLink=#ff0000 bgColor=#FFFFFF leftMargin=0 link=#000000 text=#000000 topMargin=0 vLink=#000000 marginheight=0 marginwidth=0><table align=center width=700 cellpadding=0 cellspacing=0><tr><td align=left bgcolor=#cccccc valign=top width=550><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=3><font size=1>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</font></font></strong><font face=Verdana size=1><b><br></b></font><font face=Verdana, Arial,Helvetica, sans-serif size=1><strong> </strong></font></font></td><td align=right bgcolor=#cccccc valign=top width=150><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=1><font size=1>Resumo:168-1</font></em></font></strong></font></td></tr><tr><td colspan=2><br><br><table align=center width=700><tr><td><b>Poster (Painel)</b><br><table width="100%"><tr><td width="60">168-1</td><td><b>PRTICAS DE CUIDADO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM EM TEMPOS DA REFORMA PSIQUITRICA</b></td></tr><tr><td valign=top>Autores:</td><td><u>Leiliana Maria Rodrigues dos Santos </u> (IPUB/UFRJ - Instituto de psiquiatria do Rio de Janeiro) ; ndrea Cardoso de Souza (UFF - Universidade Federal Fluminense) </td></tr></table><p align=justify><b><font size=2>Resumo</font></b><p align=justify class=tres><font size=2>INTRODUAO: Este estudo refere-se a uma reflexo sobre a percepo de cuidado para a equipe de enfermagem em um hospital psiquitrico em vias de desinstitucionalizao. Para tanto, foi realizado inicialmente um levantamento bibliogrfico e posteriormente desdobrou-se em uma pesquisa exploratria de campo, que possibilitou promover uma discusso sobre as prticas de cuidado desses profissionais no cotidiano. Devido ao atual contexto de transformao da ateno em Sade Mental no Brasil de fundamental importncia acompanhar quais as prticas de cuidado a equipe de enfermagem tem adotado para contribuir com o processo de reforma psiquitrica brasileira. RESULTADOS/DISCUSSO: Realizamos 12 entrevistas com profissionais da equipe de enfermagem, sendo 4 auxiliares, 4 tcnicos e 4 enfermeiros nos diferentes setores de um hospital psiquitrico do municpio do Rio de Janeiro. A anlise dos dados foi realizada por meio da tcnica de anlise de contedo, dos quais emergiram, dentre outras, a categoria prticas de cuidado. Neste item buscamos refletir como os profissionais esto desenvolvendo o cuidado nas suas prticas cotidianas. Constatamos que ainda existe uma lacuna na prtica desejada em relao prtica implementada. Porm, alguns relatam que diferente do cuidado clnico, o cuidado em psiquiatria tem que envolver a famlia na teraputica do paciente, e isso requer um trabalho em equipe. E por fim, apesar de que para alguns, a funo de vigia dos pacientes ainda estar enraizada, outros relatam que o profissional precisam adotar uma nova postura para que o cuidado acontea. CONCLUSES: Neste sentido, percebe-se que o campo da sade mental aponta para a necessidade de uma construo de uma atividade em que os profissionais de enfermagem tenham participao ativa neste processo. Onde a consolidao dos princpios da ateno psicossocial, centrado nos recursos do sujeito, valorizando sua histria de vida e viabilizando a construo de novas possibilidades, fortalea a construo de um trabalho de enfermagem sustentado no paradigma psicossocial, principalmente no que se refere ateno ao sujeito em sofrimento psquico.</font></p><br><b>Palavras-chave: </b>&nbsp;Cuidado, Desinstitucionalizao,, Enfermagem Psiquitrica</td></tr></table></tr></td></table></body></html>