<HTML><HEAD><TITLE>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</TITLE><link rel=STYLESHEET type=text/css href=css.css></HEAD><BODY aLink=#ff0000 bgColor=#FFFFFF leftMargin=0 link=#000000 text=#000000 topMargin=0 vLink=#000000 marginheight=0 marginwidth=0><table align=center width=700 cellpadding=0 cellspacing=0><tr><td align=left bgcolor=#cccccc valign=top width=550><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=3><font size=1>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</font></font></strong><font face=Verdana size=1><b><br></b></font><font face=Verdana, Arial,Helvetica, sans-serif size=1><strong> </strong></font></font></td><td align=right bgcolor=#cccccc valign=top width=150><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=1><font size=1>Resumo:79-2</font></em></font></strong></font></td></tr><tr><td colspan=2><br><br><table align=center width=700><tr><td><b>Poster (Painel)</b><br><table width="100%"><tr><td width="60">79-2</td><td><b>HUMANIZANDO A ASSISTENCIA MULHER NO ENFRENTAMENTO DE CIRURGIA GINECOLGICA </b></td></tr><tr><td valign=top>Autores:</td><td><u>Aline Moreira Falci </u> (UFJF - Faculdade de Enfermagem da UFJFUFJF - Faculdade de Enfermagem da UFJF) ; Anna Maria de Oliveira Salimena (UFJF - Faculdade de Enfermagem da UFJFUFJF - Faculdade de Enfermagem da UFJF) </td></tr></table><p align=justify><b><font size=2>Resumo</font></b><p align=justify class=tres><font size=2>Introduo: A enfermagem e todos os profissionais de sade devem atuar na vida das mulheres acometidas por algum tipo de afeco de maneira holstica, respeitando a individualidade de cada mulher e entendendo-a como possuidora de sentimentos sendo importante a abordagem biopsico-scio-espiritual, para que assim seja alcanado o cuidado humanstico. Objetivo: compreender a mulher que recebe o diagnstico de uma cirurgia ginecolgica e o impacto que esta situao causa no existir da mulher. Metodologia: Essa uma pesquisa exploratria, descritiva, de natureza qualitativa, desenvolvida na Unidade de Ginecologia do Hospital Universitrio da Universidade Federal de Juiz de Fora-MG. Foram sujeitos doze mulheres, que participaram com seus depoimentos em entrevista aberta, entre os meses de novembro de 2008 a fevereiro de 2009. Resultado: Utilizada a tcnica de anlise compreensiva emergindo as seguintes unidades de significao: As reaes diante do diagnstico; enfrentando o diagnstico; o vivido nos momentos que antecederam a cirurgia; o apoio da famlia no enfrentamento da situao; a enfermagem atendendo as necessidades das mulheres. A humanizao se torna possvel atravs da conscientizao dos profissionais de que atravs dos mesmos que a assistncia pode ser gerada com qualidade, uma vez que percebemos com freqncia a falta do cuidado humanizado no atendimento; quando h uma carncia de informaes sobre o diagnstico, procedimento cirrgico, resultados teraputicos esperados e efeitos adversos posteriores. Consideraes Finais: observamos a importncia do enfermeiro na busca de orientar e tranqilizar as mulheres a enfrentar essa nova etapa de suas vidas, longe da famlia e de tudo que considera mais importante. Portanto, este estudo proporciona uma reflexo sobre o tema, percebendo-se o quanto importante a implantao da Sistematizao da Assistncia de Enfermagem para alcanar um cuidado humanizado no perodo pr e ps operatrios, assim como a necessidade do envolvimento da equipe multiprosissional, de todas as categorias profissionais, principalmente a mdica - que ir informar o diagnstico a mulher  participando da implementao da humanizao na assistncia.</font></p><br><b>Palavras-chave: </b>&nbsp;Enfermagem, Humanizao, Sade da Mulher</td></tr></table></tr></td></table></body></html>