<HTML><HEAD><TITLE>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</TITLE><link rel=STYLESHEET type=text/css href=css.css></HEAD><BODY aLink=#ff0000 bgColor=#FFFFFF leftMargin=0 link=#000000 text=#000000 topMargin=0 vLink=#000000 marginheight=0 marginwidth=0><table align=center width=700 cellpadding=0 cellspacing=0><tr><td align=left bgcolor=#cccccc valign=top width=550><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=3><font size=1>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</font></font></strong><font face=Verdana size=1><b><br></b></font><font face=Verdana, Arial,Helvetica, sans-serif size=1><strong> </strong></font></font></td><td align=right bgcolor=#cccccc valign=top width=150><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=1><font size=1>Resumo:70-1</font></em></font></strong></font></td></tr><tr><td colspan=2><br><br><table align=center width=700><tr><td><b>Poster (Painel)</b><br><table width="100%"><tr><td width="60">70-1</td><td><b>INTEGRAO ENSINO-SERVIO-COMUNIDADE NO ESTGIO DA ATENO BSICA DA FOUFRGS: DESAFIOS E PERSPECTIVAS.</b></td></tr><tr><td valign=top>Autores:</td><td><u>Vania Maria Aita Lemos </u> (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) ; Ramona Fernanda Ceriotti Toassi (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) ; Cristine Maria Warmling (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) ; Snia Maria Blauth de Slavutzky (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) ; Elo Rossoni (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) ; Eliane Flores (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) ; Arisson Rocha da Rosa (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul) ; Vinicius Graff (PMPOA - Prefeitura Municipal de Porto Alegre) </td></tr></table><p align=justify><b><font size=2>Resumo</font></b><p align=justify class=tres><font size=2>Introduo: As polticas de reformulao curricular, atravs de suas diretrizes, determinaram que os Cursos de Odontologia do Brasil mudassem o sentido que tradicionalmente sempre foi imposto na formao do Cirurgio-Dentista. Objetivos: O objetivo principal deste trabalho foi o descrever e analisar como est se processando no estgio em ateno bsica da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, uma das principais diretrizes das polticas de reformulao curricular: a integrao ensino-servio-comunidade. Metodologia: O estudo baseou sua anlise em prticas curriculares de integrao ensino-servio-comunidade desenvolvidas no transcorrer do segundo semestre do ano de 2009 pelo estgio em ateno bsica. Procurou-se apresentar discusso sobre os desafios e perspectivas da experincia. Um conjunto organizado de documentos tcnicos e pedaggicos foi analisado: plano de ensino, documentos didticos, textos tcnicos e didticos, dinmicas pedaggicas, seminrios e atividades discentes, atas de discusses docentes e relatrios finais de estgio. O relatrio final da oficina com preceptores dos servios, estudantes e docentes, assim como, no estudo realizado com estudantes do dcimo semestre do curso que j haviam passado pela experincia do estgio. Resultados: As potencialidades das experincias de integrao ensino-servio-comunidade foram: a atuao da sade bucal com o foco em famlias, o aumento da produtividade aliado a troca de experincias, a organizao de indicadores de sade no diagnstico situacional, a discusso de casos clnicos, o trabalho em equipe, a motivao dos profissionais dos servios e a interdisciplinaridade. Quanto aos desafios: a incerteza do preceptor com relao ao desempenho do seu papel, a viso das equipes gestoras quanto a importncia da formao do aluno no servio, a preocupao com as perdas de produtividade, a insegurana do estudante para lidar com realidades sociais complexas, as dificuldades financeiras, materiais e estruturais dos servios e alta demanda populacional aliada a uma baixa resolutividade das aes de sade bucal. Concluso: Acredita-se que a integrao do ensino no servio pode ser um dos eixos fundamentais do processo concomitante de mudana pretendido, tanto no ensino superior como nos modelos e prticas pblicos. Mas, para que isso seja possvel, torna-se necessrio a anlise e divulgao de como essas experincias vem sendo desenvolvidas, seus embates e suas conquistas.</font></p><br><b>Palavras-chave: </b>&nbsp;ensino odontolgico, ateno bsica em sade, educao e sade</td></tr></table></tr></td></table></body></html>