<HTML><HEAD><TITLE>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</TITLE><link rel=STYLESHEET type=text/css href=css.css></HEAD><BODY aLink=#ff0000 bgColor=#FFFFFF leftMargin=0 link=#000000 text=#000000 topMargin=0 vLink=#000000 marginheight=0 marginwidth=0><table align=center width=700 cellpadding=0 cellspacing=0><tr><td align=left bgcolor=#cccccc valign=top width=550><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=3><font size=1>9 Congresso Nacional da Rede Unida 2010</font></font></strong><font face=Verdana size=1><b><br></b></font><font face=Verdana, Arial,Helvetica, sans-serif size=1><strong> </strong></font></font></td><td align=right bgcolor=#cccccc valign=top width=150><font face=arial size=2><strong><font face=Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif size=1><font size=1>Resumo:48-1</font></em></font></strong></font></td></tr><tr><td colspan=2><br><br><table align=center width=700><tr><td><b>Poster (Painel)</b><br><table width="100%"><tr><td width="60">48-1</td><td><b>A trajetria de construo coletiva de projeto poltico-pedaggico na educao superior: o curso de nutrio de uma universidade pblica paulista</b></td></tr><tr><td valign=top>Autores:</td><td>Ana Maria Cervato Mancuso (FSP/USP - Faculdade de Sade Pblica da USP) ; Monica Ignez Elias Jorge (FSP/USP - Faculdade de Sade Pblica da USP) ; <u>Cludia Maria Bgus </u> (FSP/USP - Faculdade de Sade Pblica da USP) </td></tr></table><p align=justify><b><font size=2>Resumo</font></b><p align=justify class=tres><font size=2>Caracterizao do Problema: No Brasil houve um aumento expressivo de cursos de nutrio e grande parte dos currculos apresenta-se moldado sob a vertente biolgica, com deficincia na abordagem social da alimentao e nutrio. Portanto, reformular a estrutura curricular destes cursos, tornou-se uma diretriz da poltica educacional do pas. O objetivo deste trabalho descrever o processo de reformulao do projeto poltico pedaggico do curso de nutrio de uma universidade pblica brasileira. Descrio da experincia: Este processo procurou envolver os estudantes e os docentes do curso, em uma seqncia de atividades, que compuseram etapas de uma pesquisa-ao. Foram desenvolvidas as seguintes atividades: identificao da percepo dos egressos quanto sua formao; oficinas com profissionais de diferentes cenrios de prtica do nutricionista para identificar competncias e habilidades; oficinas com professores e estudantes para identificar os eixos que norteiam o curso; definio do perfil profissiogrfico, por meio de consulta aos docentes do curso; elaborao da nova proposta curricular. Foram encontrados como pontos positivos do curso, a oportunidade de participar de pesquisa acadmica e o contato com professores qualificados e como negativos, a rgida estrutura curricular, o pouco preparo didtico do corpo docente, a deficiente relao entre professores e alunos e a insuficiente integrao das disciplinas bsicas e profissionalizantes. As reas de competncia identificadas foram: cuidado individual e coletivo, educao, gesto e comunicao. Os elementos apontados como sustentadores da prtica profissional foram assumidos como os eixos norteadores da nova proposta curricular para o curso: segurana alimentar e nutricional e ateno diettica. Efeitos alcanados: A nova proposta curricular est sendo construda de modo a contemplar a integrao entre os eixos do curso, compondo mdulos de conhecimento, insero de temas desenvolvidos de forma integrada, capacitao didtico-pedaggica do docente e induo da transversalidade tico-humanstica. Recomendaes: O processo de reformulao do projeto poltico-pedaggico tem mostrado a necessidade de consolidar uma prtica de planejamento coletivo do curso. </font></p><br><b>Palavras-chave: </b>&nbsp;currculo, mudana organizacional, pesquisa ao</td></tr></table></tr></td></table></body></html>